Mestrado Profissional em Educação Inclusiva - PROFEI


  • O Mestrado Profissional em Educação Inclusiva em Rede - PROFEI foi aprovado pelo Conselho Universitário (Consun), da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)

  • O curso está vinculado ao Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (CECEN) e será oferecido na modalidade semipresencial, com oferta simultânea em todas as instituições de ensino superior da rede. Além da UEMA, outras sete instituições integram atualmente a rede nacional do PROFEI :
    Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
    Universidade Estadual de Maringá (UEM)
    Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat)
    Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
    Universidade Estadual Paulista (Unesp)
    Universidade Estadual do Paraná (Unespar)
    Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)

iphone

O objetivo do programa é desenvolver processo formativo profissional que permita buscar meios para efetivar uma sociedade inclusiva, no sentido de que a escola realize metodologias inovadoras para que os estudantes do eixo da Educação Inclusiva: pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades/superdotação, população indígena, quilombola, do campo, diferentes gêneros e diversidade sexual, entre outros, possam aprimorar seu potencial e habilidades dentro do ambiente escolar e em seu próprio cotidiano, tanto no contexto social, familiar e profissional.

Para tanto, espera-se congregar pesquisadores de instituições de ensino superior públicas, das 5 regiões do país, com histórico de grupos de pesquisa na área da educação especial e da educação inclusiva e experiência com o tema, além de vincular o mestrado aos diferentes setores da sociedade que têm se preocupado com ações inclusivas.

A educação brasileira tem como meta que a escola básica se torne mais inclusiva, aprendendo a valorizar as diferenças culturais, sociais, físicas, religiosas, raciais e as formas diferenciadas de aprendizagem de cada estudante, proporcionando um novo fazer pedagógico para os educadores.Considerando os processos educacionais e especialmente o uso de TDIC e mídias digitais nesse processo, justifica-se a necessidade de proporcionar um processo formativo em nível profissional que auxilie os participantes a elaborar plano e executar ações para a promoção de um ambiente escolar que permita o acesso e a permanência dos Estudantes Público Alvo da Educação Especial (EPAEE).

Leia mais ...

Sobre o Programa

Área de concentração

Educação Inclusiva: A formação proposta será articulada com a necessidade de que a escola crie uma cultura inclusiva, uma vez que a escola inclusiva não é feita de boas intenções, mas sim de ações concretas e planejadas. Os profissionais precisam envolver-se em um projeto coletivo, que passa por uma reformulação do espaço escolar como um todo, desde o espaço físico, a dinâmica e manejo de sala de aula, passando por currículo, metodologia e estratégia de ensino, formas e critérios de avaliação e a própria gestão escolar.

Regulamentos e normas

Confira regulamentos e normas:
Regimento Geral PROFEI
Portaria N° 485/2020
Resolução CEPE/UEMA N° 1394/2019

Estrutura Curricular

Obrigatórias

  • Fundamentos e Práticas de Educação Inclusiva
  • Inovação e TDIC na educação
  • Metodologia da Pesquisa Cientifica

 Eletivas

  • Avaliação de pessoa com deficiência intelectual
  • Braille: código tátil de leitura e escrita
  • Contextualização e conceito da deficiência auditiva/surdez
  • Contextualização e conceito da deficiência física
  • Contextualização e conceito das altas habilidades/superdotação
  • Contextualização e conceito de Transtornos Globais do Desenvolvimento
  • Contextualização e conceito da deficiência intelectual
  • Deficiência e acesso ao ensino universitário
  • Deficiência visual: conhecimento necessário para a prática pedagógica
  • Desenvolvimento e aprendizagem da Libras (língua brasileira de sinais)
  • Desenvolvimento humano, sexualidade e família
  • Diversidade e cultura inclusiva
  • Educação,  Trabalho e Envelhecimento da Pessoa com Deficiência
  • Escolarização do estudante com altas habilidades/superdotação
  • Gestão democrática e projeto pedagógico
  • Ingresso e a permanência dos EPAEE no ensino superior
  • Legislação, ética e trabalho docente
  • Linguística aplicada: formação de professores e educação inclusiva
  • Plano de ensino individualizado e ensino colaborativo nas diferentes áreas da Educação Especial
  • Políticas públicas: Educação Especial e Inclusiva
  • Sorobã
  • Tecnologia Assistiva: estratégias e recursos
  • Tópicos especiais: comunicação alternativa nos TGD
  • Tópicos específicos: acessibilidade e desenho universal

Corpo Docente

DOCENTE CATEGORIA E-MAIL CURRÍCULO LATTES
ANTONIO ROBERTO COELHO SERRA
ILKA MARCIA RIBEIRO DE SOUZA SERRA
JACKSON RONIE SA DA SILVA
JOAO AUGUSTO RAMOS E SILVA
MARCIA RAIKA E SILVA LIMA
IVONE DAS DORES DE JESUS
Permanente
Permanente
Colaborador
Permanente
Colaborador
Colaborador
roberto.serra@professor.uema.br
ilka.serra@uema.br
jacksonsilva@professor.uema.br
joaosilva@professor.uema.br
marciaraika@cesc.uema.br
ivonedejesus@professor.uema.br
Currículo Lattes
Currículo Lattes
Currículo Lattes
Currículo Lattes
Currículo Lattes
Currículo Lattes

Coordenação

Coordenador: João Augusto Ramos e Silva
E-mail: profei.uema@uema.br

Processo Seletivo

Inscrição

As matrículas dos candidatos aprovados e classificados acontecerão de 19 a 22/10 e as informações necessárias serão encaminhadas por e-mail para cada aluno.

Cronograma

Calendário

Calendário do curso

Produções intelectuais dos discentes e docentes PROFEI

Em breve confira aqui as produções intelectuais dos discentes e docentes PROFEI

Ambiente Virtual de Aprendizagem - AVA

sistemas de apoio: AVA

Destaques

Confira as instituições associadas ao PROFEI:



UNESP/UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO (PRESIDENTE PRUDENTE)
Contato: (18)3229-5388

UEMA/UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
Contato: (98)3245-5882

UEM/UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
Contato: (44)3011-4200

UNEMAT/UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
Contato: (65)3221-0025

UEPG/UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Contato: (42)3220-3000

UDESC/UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Contato: (48) 3321-8000

UNESPAR/UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ - REITORIA
Contato: (44) 3423-8944

UNIFESSPA/UNIVERSID ADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ
Contato: (94) 21017100

Linhas de Pesquisa

Nome Descrição Áreas de concentração vinculadas
Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva A linha contempla pesquisas e estudos epistemológicos, políticos e históricos referentes à Educação Especial numa nova perspectiva de atuação, qual seja, o vínculo com a constituição de espaços educacionais inclusivos. Busca analisar as implicações epistemológicas e políticas contemporâneas relacionadas às práticas educacionais, com ênfase na gestão de sistemas escolares, nos recursos de suporte pedagógico especializado, na construção, implantação e usabilidade de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação como aspectos favorecedores e inovadores para a escolarização dos estudantes, garantindo-lhes o direito de aprendizagem e desenvolvimento nessa área de conhecimento. Educação Inclusiva
Inovação Tecnológica e Tecnologia Assistiva A linha contempla pesquisas e estudos referentes à conceituação sobre Educação e Inovação tecnológica e estrutura para o desenvolvimento de educação mediada por tecnologias e suas interlocuções com a Educação Especial e Inclusiva. Busca analisar metodologias ativas de ensino e de aprendizagem baseada em uso de tecnologias digitais, redes sociais como espaços educativos, jogos digitais e a aprendizagem. Aborda ainda estudo e análise de mobilidade na sala de aula, Projetos, inclusão digital e cidadania, bem como conceituação e análise da Tecnologia Assistiva como área de conhecimento e recursos e sua aplicabilidade no contexto educacional inclusivo. Educação Inclusiva
Práticas e Processos Formativos de Educadores para Educação Inclusiva A linha contempla pesquisas e estudos relacionados diretamente às práticas educacionais e aos processos formativos de educadores (inicial, continuada e em serviço) para atuação pedagógica na diversidade, contemplando os princípios de uma educação inclusiva. Busca analisar os processos de ensino e aprendizagem e as inovações pedagógicas para o atendimento às necessidades educacionais de qualquer ordem: biopsicossocial ou etnocultural. Os estudos se concentram nos aspectos relacionados à organização da escola para garantir a formação de educadores numa perspectiva inclusiva, a partir da análise de práticas, desenvolvimento curricular, adequações de recursos ou métodos pedagógicos e em procedimentos que possibilitem o êxito na escolarização dos estudantes. Educação Inclusiva

Objetivos do Curso/Perfil do Profissional a ser Formado

Este Programa representa uma contribuição para o desenvolvimento da qualidade da educação básica, desenvolvendo-se a partir dos seguintes princípios:

  • articulação integrada da formação com o exercício profissional mediante estudos científicos voltados à busca de soluções para problemas concretos, à produção técnico-científica na pesquisa aplicada, à geração e aplicação de processos de inovação relacionados à integração de diferentes tecnologias ao currículo;
  • contextos de formação de professores que permitam superar o problema da fragmentação entre a produção de conhecimento e a prática educativa;
  • abordagem de formação construcionista, contextualizada e significativa (CCS), por meio da reflexão e articulação entre a teoria e a prática, dos aspectos tecnológicos e educacionais, do uso de novas mídias na realidade de atuação dos profissionais, que se configuram como campos de estudo, investigação e transformação.

Com esta iniciativa será utilizada a competência já instalada nas universidades associadas e consolidadas nos campos do conhecimento envolvidos nessa nova proposta para formar mestres na modalidade profissional em Educação Inclusiva. O curso de Mestrado Profissional em Educação Inclusiva possui como objetivo principal oferecer primordialmente formação continuada e em serviço para professores de classe comum do ensino fundamental e médio para que aprimorem seu repertório de conhecimentos e saberes, podendo promover o desenvolvimento do EPAEE no contexto escolar, garantindo possibilidades para a inclusão desses estudantes. Entre os objetivos específicos, estão:

  • Difundir o conceito de educação inclusiva, o qual garante o direito de educação para todos;
  • Conhecer e analisar os principais documentos legais e diretrizes que garantem o atendimento e a inclusão dos EPAEE;
  • Compreender o Projeto Pedagógico como elemento norteador das ações político-pedagógicas da escola inclusiva que se pretende;
  • Elaborar e desenvolver ações colaborativas na unidade escolar com o apoio do professor especializado, tendo como foco o Projeto Pedagógico inclusivo.

Abaixo, são apresentadas as competências e habilidades a serem desenvolvidas pelos mestrandos:

Competências Habilidades
Compreensão da proposta de educação inclusiva. Refletir sobre a política de educação inclusiva no cenário estadual, nacional e internacional por meio dos tempos e entender as influências e principais mudanças de paradigma que culminaram com a atual proposta de inclusão escolar no Brasil.
Domínio de conteúdos, recursos pedagógicos e novas metodologias que promovam o ensino de qualidade a todos e sua aplicação aos EPAEE no contexto escolar. Utilizar os conteúdos, recursos pedagógicos e novas metodologias na classe comum para potencializar o ensino e promover a inclusão escolar dos EPAEE.
Desenvolvimento de trabalho coletivo e colaborativo na escola envolvendo a equipe escolar e os professores especializados. Empreender ações na instituição escolar e na sala de aula que garantam educação e ensino para todos. Envolver professores, professor especializado, funcionários, outros profissionais da educação e pais nas atividades de avaliação e planejamento de ações junto às pessoas com deficiência, transtorno global do desenvolvimento e altas habilidades / superdotação.
Compreensão do Projeto Pedagógico como elemento norteador das ações político-pedagógicas da escola inclusiva que se pretende. Planejar atividades coletivas de estudo e reflexão sobre o Projeto Pedagógico com vistas à implementação de uma proposta de escola inclusiva prevendo colaborativamente ações que envolvam a parceria da equipe escolar e professor especializado, reavaliações e replanejamento processuais. Considerar entraves e possíveis ações no interior da escola na perspectiva da construção de uma escola inclusiva.

Formulários

Em breve documentos e formulários estarão disponíveis nesta página

Saiba Mais

Conselho do Programa

Prof° Dr. Klaus Schulunzen Jr. (UNESP) Coordenador Nacional
Profª Dra. Anna Augusta Sampaio de Oliveira (UNESP) Sub-coordenadora
Prof° Dr. Marion Machado Cunha (UNEMAT) Titular
Prof° Dr. Lúcio José Dutra Lord (UNEMAT) Suplente
Profª Dra. Rita de Cássia da Silva Oliveira (UEPG) Titular
Profª Dra. Vera Lúcia Martiniak (UEPG) Suplente

Fale Conosco

Contato

E-mail de contato:

profei.uema@uema.br

*Ao escrever a mensagem, favor citar seu nome completo.

logo logo